20 de abril de 2024

Jundiaí /SP

Vigília diocesana dá início ao Ano da Juventude

O Setor Juventude da Diocese de Jundiaí promoveu no dia 4 de fevereiro, no Santuário Diocesano Santa Rita de Cássia (Jundiaí), a Vigília Diocesana da Juventude. Com o tema “O noivo está chegando” (Mt 25,1), o primeiro evento diocesano de 2023, direcionado aos jovens, contou com diversos momentos marcantes.

Promover a espiritualidade à juventude diocesana é um dos principais motivos para a realização de nossas vigílias. Proporcionar a oportunidade de um encontro renovador e pessoal com o Senhor dá ânimo, coragem e perseverança. Começar o ano deste modo é, sem dúvidas, a melhor forma”, conta Pedro Henrique de Souza, coordenador do Setor Juventude.

Novidades em 2023

No início da noite, mais de mil jovens participaram da Missa Solene, presidida pelo padre Antônio Ferreira da Silva (Pe. Ton), assessor do Setor Diocesano da Juventude. Durante esse momento emocionante ocorreu a transição da coordenação do Setor Juventude.

Dentre os novos representantes que seguirão junto aos jovens nos próximos três anos estão: Pedro Henrique de Souza (coordenador), Larissa Almeida (vice-coordenadora) e Sue Ellen Oliveira (secretária), que contam com o apoio do seminarista assessor, Carlos Henrique Mattos, e do padre Ton.

Nayara Rael Neves, que deixou a coordenação, agradeceu a missão confiada por Deus a ela, e ressaltou: “Não tem como falar da minha história sem falar do Setor Juventude”.

Em seguida, os 23 coordenadores regionais receberam uma bênção especial e acolheram os ícones dos onze santos intercessores das regiões pastorais diocesanas, que peregrinaram entre os movimentos juvenis ao longo do ano.

Animação e oração

O evento contou ainda com diversos momentos de animação, teatro atuado pelos próprios jovens, oração do Santo Terço e show da dupla católica Ramon e Rafael.

A vigília foi finalizada com a adoração ao Santíssimo Sacramento e a bênção de envio aos participantes. “Poder ver a alegria dos jovens, a entrega, os sorrisos, o louvor, tudo isso foi muito importante e contagiante”, finaliza Pedro.

Colaboração: Giovanna Arcosi

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima