25 de julho de 2024

Jundiaí /SP

Pesquisar

Sexta-feira Santa – Sermão das sete palavras e Descimento da Cruz

Após a Solene Ação Litúrgica da Paixão do Senhor no interior da Igreja Catedral de Nossa Senhora do Desterro, no início da noite desta Sexta-feira Santa os fiéis acompanharam o Sermão das Sete Palavras pronunciadas por Jesus Cristo, quando suspenso no madeiro da Cruz, em suas “Três Horas da Agonia”.

O Padre Edisandro de Lima Rocha, Vigário Paroquial da Catedral, fez o Sermão das sete palavras trazendo a paixão redentora de Jesus para os dias de hoje. Em cada palavra está contida toda a vida e toda a missão de Jesus.

Entre uma reflexão e outra, o salmista Marquinhos entoou cânticos, no que foi acompanhado pela assembleia presente à celebração.

As sete palavras são:

1. “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem” (Lc 23, 34);

2. “Em verdade te digo: hoje estarás comigo no paraíso” (Lc 23, 43);

3. “Mulher, eis o teu filho. Eis a tua mãe” (Jo 19, 26-271);

4. “Meu Deus, Meu Deus, porque me abandonaste?” (Mc 15, 34);

5. “Tenho sede” (Jo 19, 28);

6. “Tudo está consumado” (Jo 19, 30);

7. “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito” (Lc 23, 46).

Após o Sermão, ocorreu o rito do descimento da cruz onde desceram a imagem do Senhor Morto da cruz.

Tudo por causa de um grande amor!

Nosso Bispo Diocesano, Dom Arnaldo, agradeceu a todos pelo espírito de piedade e reverência, para estarem na presença do Senhor. E em seguida, convidou para que acompanhassem a Procissão do Senhor Morto.

“Cristo nossa Páscoa foi imolado. Morreu para que na sua morte encontrássemos a vida”, disse Dom Arnaldo

A Procissão percorreu as tradicionais ruas do Centro de Jundiaí, retornando até a Catedral.

Rolar para cima
Rolar para cima