24 de fevereiro de 2024

Jundiaí /SP

Semana Diocesana da Família 2023

“Família, fonte de vocações: Corações ardentes, pés a Caminho” foi o tema central escolhido para as celebrações da Semana da Família em âmbito nacional e diocesano e que coincide com o enfoque do 13º Simpósio Nacional das Famílias e está em harmonia com o 3º Ano Vocacional no Brasil.

Neste mês de agosto, dedicado às vocações e também no contexto do 3º Ano Vocacional do Brasil, a finalidade foi a de incentivar a reflexão, a oração e a promoção das vocações.

Na Diocese, de 20 a 26 de agosto, a Pastoral Familiar Diocesana realizou uma intensa programação, com celebrações nas paróquias Santo Antônio, Santo Antônio de Pádua e Catedral Nossa Senhora do Desterro, em Jundiaí; Quase Paróquia São Vicente de Paulo, em Itupeva,  Futura Paróquia São Benedito, em Várzea Paulista; Paróquia Santa Cruz, em Salto; e Quase Paróquia Maria de Nazaré, em Cabreúva.

Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, Bispo Diocesano, abriu oficialmente a programação com Missa na Matriz da Paróquia Santo Antônio, no Bairro do Anhangabaú, em Jundiaí. Citando o Papa Francisco, Dom Arnaldo recordou que Deus chama cada um para escolhas definitivas, “Ele tem um projeto para cada um” o qual precisar descobrir e responder, pois responder ao chamado, seja ele qual for, é caminhar para a realização feliz de si mesmo.

Nos dias 21 a 25, presidiram as celebrações os Pes. Fábio Ricardo Gentille, João Luiz Dias, Antônio Carlos dos Santos, José Renilton Fontes e Wanderson Cintra Silva. A cada noite os fiéis foram convidados para  refletir os subtemas “Vocação, graça e Missão”, “Chamados a ser povo de Deus”, “Vocação: resposta de Amor”, “Vocação é graça que une chamado e resposta”, “Vocação, servir com Alegria”, com ênfase para a importância de cultivar o berço das vocações, que é família: Em família, cada pessoa tem a oportunidade de descobrir o chamado que Deus faz a cada um.

Para a MIssa de encerramento, no sábado, dia 26., a Catedral Nossa Senhora do Desterro acolheu dezenas de casais jubilandos com 25, 30, 35, 40, 45, 50 anos ou mais de matrimônio, que renovaram os votos. Presidiu a celebração, o Assessor Eclesiástico da Pastoral Familiar Diocesana, Padre Fábio Ricardo Gentille.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima