15 de agosto de 2022

Jundiaí /SP

Retiro Diocesano da Pastoral da Sobriedade

No domingo, 12 de junho, aconteceu na Comunidade Santa Cruz (Paróquia São Francisco de Assis, em Várzea Paulista) o retiro diocesano da Pastoral da Sobriedade, do qual participaram 80 pessoas entre agentes e participantes da Pastoral de diversas cidades da Diocese de Jundiaí.

O retiro foi um momento especial para reanimar e fortalecer os envolvidos na Pastoral, especialmente após os dois anos de pandemia em que, além dos trabalhos terem ficado limitados, muitos passaram por perdas de familiares e outros sofrimentos decorrentes deste período de isolamento. Foi o que percebeu Ari Nilton Ribeiro, coordenador diocesano da Pastoral da Sobriedade, durante as visitas feitas aos grupos paroquiais da Pastoral.

Ao longo do dia 12 de junho, aconteceram momentos de oração, partilha e reflexão. Segundo Ari, um dos momentos mais importantes do retiro foi a Adoração ao Santíssimo, em que os participantes foram convidados a entregar para Jesus, presente na Hóstia Consagrada, suas dores e sofrimentos.

O dia terminou com a missa presidida pelo Padre Rodrigo de Oliveira Silva e concelebrada pelo Padre Adeilson Rodrigues do Santos. Ao final, foi feito o envio dos agentes para dar continuidade à missão, que deve se voltar também para a prevenção da dependência química.

“Todos saíram renovados do retiro e isso foi muito importante. Nós queremos trabalhar com a prevenção, ir nas paróquias, junto com os jovens. Nós não podemos esperar os irmãos caírem e sofrerem na dependência para depois ajudar, nós temos que prevenir, orientar os jovens sobre a dependência, que vira uma doença”, explica Ari.

 

Fotos: Pascom Paróquia São Francisco de Assis, Várzea Paulista

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima