19 de outubro de 2020

Jundiaí /SP

Presbíteros se unem em Oração pela Santificação dos Sacerdotes e celebram Sagrado Coração de Jesus

Conforme instituído pelo Papa São João Paulo II em 1995, a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus marca também o Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes. Para celebrar esta data especial, sendo neste ano, 19 de junho, Dom Vicente Costa presidiu a Missa Solene na Paróquia Nova Jerusalém, em Jundiaí, com a participação dos demais presbíteros diocesanos, atendendo todas as exigências das autoridades sanitárias em relação as medidas de prevenção do contágio do coronavírus. Os fiéis puderam participar da celebração assistindo a transmissão ao vivo pela página do Facebook da Diocese de Jundiaí.

Os padres seguiram todo o protocolo de prevenção: máscaras, distanciamento social e severa higienização

Dirigindo-se aos participantes da celebração, a primeira fala de Dom Vicente foi um pedido: “Sagrado Coração de Jesus, fazei que o nosso coração seja semelhante ao vosso”. O Bispo continuou destacando a importância da Solenidade: “Nem sempre, a gente tem noção do que é o coração. Diante de uma cultura que privilegia o passageiro, o superficial, o coração se tornou apenas um sentimento passageiro. Há corações que parecem jaulas, porque o egoísmo, o preconceito, a violência se instalou no coração. Mas na bíblia, o coração significa o mistério mais íntimo da pessoa, onde se instalam os pensamentos, os sentimentos, decisões e memórias”.

E é com o coração que Jesus ama os homens, assim como Deus, que tem coração e ama de coração. “A Festa de hoje”, explicou o Bispo, “nos faz entrar na Sagrada Humanidade de Jesus. Deus se tornou visível no coração de Jesus que continua a pulsar de amor por nós, mesmo após ter sido transpassado pela lança do soldado”. Este coração deve sustentar todos os cristãos: “Hoje, entramos no coração de Jesus que nos faz querer viver em sintonia com o coração de Deus, para que possamos amar a Deus e aos outros, atrair as pessoas para Deus, como Jesus tanto amava as pessoas, de coração”. 

Por fim, Dom Vicente se disse agradecido e fez um pedido: “Que sejamos presbíteros de coração. Agradeço a Deus por este momento que estamos vivendo, orando pela santificação do clero, para que o coração de Jesus nos torne mais humanos. Que não sejamos cristãos de coração duro, mas aprendamos de Jesus, de coração manso e humilde, a amar a Deus e amarmos uns aos outros. O coração de Jesus humaniza os nossos corações”. 

Com cuidado e responsabilidade, os presbíteros se reuniram para celebrar o Sagrado Coração de Jesus e Orar pela Santificação do clero
 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima