Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Várzea Paulista, celebra 50 anos

O mês de setembro foi de muita comemoração na Paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Várzea Paulista. No dia 15, Dom Vicente Costa presidiu a Eucaristia Solene em ação de graças pelos 50 anos de fundação da paróquia, agradecendo de modo particular à Virgem Maria, Nossa Senhora da Piedade, padroeira da comunidade, também celebrada no mesmo dia.

Após a Missa, que foi concelebrada pelo pároco, padre Antonio Carlos Gonçalves e pelo padre Ediclei Araújo da Silva, dos Legionários de Cristo, todos os fiéis saíram em procissão pelas ruas, celebrando o Jubileu de Ouro e homenageando a padroeira, finalizando a festa com uma queima de fogos.

A comunidade paroquial deu início as comemorações no dia 5 deste mês, com a Missa de Dedicação do Altar, também presidida pelo Bispo Diocesano, após a igreja ter passado por reformas. Nos dias que se seguiram, a comunidade fez a novena da padroeira, preparando para a grande festa.

Histórico

A história da Paróquia Nossa Senhora da Piedade iniciou-se em 1891 quando o casal José de Souza Constantino e Francisca Maria Inocência de Oliveira decidiram erguer um cruzeiro, a fim de que a povoação que um dia daria lugar à cidade de Várzea Paulista, então pertencente a Jundiaí, pudesse ostentar o símbolo maior do cristianismo, escolhendo um local nas cercanias da estação de trens que havia acabado de ser construída.

Mais tarde esse cruzeiro foi transferido para um local mais alto, possibilitando que a maior parte dos moradores daquela vila pudesse ver o símbolo cristão. Em 1900, foi construída naquele local a Capela Santa Cruz. Cabia ao vigário da Paróquia Nossa Senhora do Desterro, a responsabilidade espiritual sobre aquela região até 1922, quando foi criada a Paróquia Nossa Senhora da Conceição, da Vila Arens. Desde então, passou aos padres salvatorianos o zelo espiritual dos habitantes do futuro município.

Aquele mesmo casal, no ano de 1937, doou para a Mitra Arquidiocesana de São Paulo o terreno onde se encontravam o cruzeiro e a capela. Por fim, Constantino também incumbiu seu primo, José Paulo de Souza, de adquirir uma imagem de Nossa Senhora da Piedade.

Com decreto de 15 de setembro de 1968, Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, OC, criou a paróquia Nossa Senhora da Piedade, nomeando como primeiro pároco o padre Alfonso Nijkrake, da Congregação dos Agostinianos da Assunção.

No ano de 1987, através da nomeação do padre Féliz Xavier da Silvera como pároco, os padres diocesanos assumem a Paróquia Nossa Senhora da Piedade.

 

Colaboração: Amanda Daniele Cassimiro Zanini

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *