Paróquia celebra 25 anos de caminhada e evangelização

A Paróquia Bom Pastor, localizada em Santa de Parnaíba, completou 25 anos de sua Instalação em 27 de novembro. Para marcar a data, neste domingo 2 de dezembro, o Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, celebrou na matriz em Alphaville.   “Que essa data importante seja momento para celebrar e agradecer a Deus pela semente do Evangelho que foi plantada em todos
esses anos, como também ocasião para refletir e se converter para que a Pessoa de Jesus
Cristo, o Bom Pastor, se torne mais vida em nossa história”. disse Dom Vicente.

Antes disso, no dia 27 de novembro, o padre Paulo Toni Jr presidiu a celebração eucarística que contou  com a presença dos ex- párocos, Félix Xavier da Silveira e Carlos Rafael Casarin.

Dentro das comemorações, a comunidade paroquial também promoveu um jantar.

 

 

 

 

1993 – 2018 – Nossa história

O primeiro padre a trabalhar em Alphaville, Santana de Parnaíba, foi o Padre Guilherme Krupp, que celebrava inicialmente nas residências, por não haver ainda um local adequado.

Em 1983, a Construtora Albuquerque Takaoka doou um terreno de 1500 metros, em frente ao residencial 9, para a construção de uma capela, como se dizia na época. Foi sucedido pelo Padre Achilles Marenghi, do Clero Diocesano de Jundiaí e, após algum tempo, pelo Padre Cristovão Arnault, da Congregação dos Padres do Espírito Santo, que construiu a Casa Paroquial, o salão de baixo e doou as relíquias, com seu certificado de autenticidade, a serem colocadas no altar da futura Igreja. Devido à saúde do padre e às necessidades pastorais, foi criada a Paróquia Bom Pastor, desmembrada da Paróquia de Santa Ana.

Aos 27 de novembro de 1993, véspera do Primeiro Domingo do Advento, Dom Roberto Pinarello de Almeida, à época Bispo Diocesano de Jundiaí, deu início à missão de primeiro Pároco ao Padre Paulo Toni Jr.

Sucessivamente, foram criadas várias pastorais e incentivadas as que já existiam; e o grande projeto era levantar a igreja física.

Com o crescimento da presença de fiéis, percebeu-se que era pequeno o terreno à disposição. Por essa razão, Padre Paulo procurou o Dr. Renato Albuquerque, acompanhado do Engenheiro Othílio Moura, apresentando um projeto remodelado e pedindo a doação da área ao lado da antiga Igreja e Casa Paroquial, já construídas, bem como áreas para estacionamento. Assim foi doado o atual terreno de aproximadamente 23 mil m².

Toda Comunidade se empenhou na nova construção, e aos 3 de maio de 1998 foi consagrado o Templo atual por Dom Amaury Castanho, 3º Bispo Diocesano. No altar principal composto por  um granito de uma tonelada, vindo do Espírito Santo, foram colocadas, como antigo costume cristão, as relíquias de São Vicente de Paulo, Santa Luíza de Marilac e Santa Catarina Labouré, santos cujos túmulos se encontram na Capela da Medalha Milagrosa, em Paris.

Aos 6 de dezembro de 1998, foi ordenado por Dom Roberto Pinarello, Bispo de Jundiaí, Antoninho Roberto Matheus, membro da Comunidade Paroquial, como Diácono Permanente, função em que permanece até hoje.

No Advento de 1999, foram inaugurados os três sinos aqui existentes, dedicados respectivamente à Imaculada Conceição, a São José e ao então Papa João Paulo II.

No Ano Santo de 2000, foi inaugurado o Domus Mater Dei, salas de reunião e catequese, em homenagem à Mãe de Deus, no Ano Santo Jubilar.

Em 2001, Padre Paulo, com um grupo de paroquianos, fundou a Comunidade de Amor Rainha da Paz, para atendimento a crianças pobres com alguma deficiência mental. Em novembro de 2002, a Rainha da Paz foi assumida em sua totalidade pela Paróquia, tendo sido seu presidente nomeado pelo pároco. Aos 8 de dezembro de 2004, foi colocada  a pedra fundamental da atual construção da Rainha da Paz.

Em fevereiro de 2005, assumiu o segundo pároco, o Padre Félix Xavier, que permaneceu até fevereiro de 2011, quando o Padre Carlos Rafael Casarin foi nomeado o terceiro pároco.

Em janeiro de 2018, Dom Vicente Costa, Bispo de Jundiaí, nomeia o quarto pároco: novamente o  Padre Paulo.

Padre Paulo Toni Júnior – Pároco

Colaboração: Pascom da Paróquia Bom Pastor

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *