19 de junho de 2021

Jundiaí /SP

Padre Gabriel Vital defende tese de mestrado e é aprovado com louvor

Neste dia 14 de maio, depois de três de estudos, o Padre Gabriel Vital, Pároco da Paróquia Santa Rosa de Lima, em Jundiaí, recebeu o título de Mestre em Direito Canônico pelo Instituto de Direito Canônico da Arquidiocese de Londrina afiliada ao Pontifício Instituto Superior de Direito Canônico (PISDC)– Rio de Janeiro, sendo extensão da Universidade Gregoriana em Roma.

Tendo como orientador o Padre Dr. João Carlos Orsi, que compôs a banca examinadora formada também pelo Padre Óscar Alberto de Los Rios Londoño e a Dra. Sueli Almeida da Silva, o presbítero foi aprovado com louvor.

O Padre Gabriel Vital defendeu a sua dissertação de mestrado como tema: “Os meios prévios ao processo canônico à luz do cânon 1341” . Após sua apresentação, o presbítero falou com a equipe do Setor de Comunicação da Diocese de Jundiaí e explicou que o trabalho de pesquisa discorreu sobre o Direito Penal na Igreja (Sanções na Igreja, Livro VI do Código de Direito Canônico), como a autoridade (Ordinário) deve agir diante dos delitos cometidos pelos fiéis e como prevení-los. “Primeiramente, se usam os meios pastorais com a correção fraterna, repreensão e outras vias de solicitude pastoral, para que de forma suficiente se repare o escândalo, se restabeleça a justiça e se corrija o réu. E como forma extrema, se estes fins não forem alcançados, pelo menos de forma satisfatória, a autoridade proceda com o processo judicial ou administrativo para impor uma pena seja medicinal ou expiatória”, concluiu.

Ao final, padre Gabriel agradeceu a Deus, ao Bispo Dom Vicente Costa e a todas pessoas pelas orações e apoio em mais esta etapa alcançada. Mais uma vez, se colocando coloca à serviço da Igreja que se faz presente na Diocese de Jundiaí.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima