29 de novembro de 2020

Jundiaí /SP

O adeus à Irmã Alexandrina – nota atualizada

“Acreditamos na vida eterna e na feliz Ressurreição,

a vida não é tirada, mas transformada”.

A Congregação das Irmãs Missionárias de Cristo comunica, com pesar, a passagem para a vida eterna da Irmã Alexandrina Silva no encontro com o Divino Esposo Cristo Jesus, na tarde desta segunda-feira, dia 2 de novembro.

O velório será de apenas três horas. Das 7h30 as 10h30 desta terça-feira, dia 03 de novembro, na Capela do Aprendizado Dom José Gaspar, na Rua do Retiro 390, logo em seguida se dirigirá para o Cemitério Nossa Senhora do Desterro, no centro de Jundiaí.

Breve Biografia:
Nascida em 24 de setembro de 1936, em Piracaia – SP, ingressou na Congregação em 19 de outubro de 1955, fez seus votos perpétuos no dia 06 de janeiro de 1965.
Dedicou sua vida seja nas casas de missão, em Vargem Grande – SP, Munhoz e Toledo – MG, São Francisco de Goiás – GO, Louveira e Santana de Parnaíba – SP, nas entidades Preventório Bragança Paulista e São Carlos – SP, Casa da Criança e Aprendizado – Jundiaí, nas missões volantes em Várzea Paulista – SP, colaborou com a Pastoral vocacional da Diocese de Jundiaí nos anos iniciais, foi conselheira geral várias vezes, orientadora do postulantado, juniorato e mestra de noviças.

Irmã Alexandrina foi uma alma incansável, generosa e de profunda vida espiritual, sua vida nos deixou um grande legado demonstrando que a “Vida é missão”, que ela realizou com todo ardor.

Descanse em paz querida irmã, nos encontraremos logo mais. Nossa eterna gratidão.

A Diocese de Jundiaí se solidariza com os familiares, amigos e religiosas da Congregação das Irmãs Missionárias de Cristo neste momento de dor e saudade.

 

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima