19 de outubro de 2020

Jundiaí /SP

Novas orientações para a Diocese de Jundiaí no combate ao coronavírus

Jundiaí − SP, 27 de março de 2020.

 

Comunicado (N. 5)

 

Novas orientações para a Diocese de Jundiaí

 

Queridos Padres, Diáconos e Povo de Deus presente na cidade de Jundiaí,

 

Tendo recebido o segundo Decreto da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos (cf. Prot. 154/20, de 25 de março de 2020) e o Comunicado do Secretário Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB (cf. SG Nº 0226/20) (cf. documentos anexados a este ofício), DETERMINO: 

  1. Renovo energicamente meus apelos que lhes dirigi referentes aos serviços essenciais e às atividades religiosas de qualquer natureza, em todas as Paróquias da Diocese de Jundiaí, e sigam as determinações anteriores (cf. o meu Decreto Nº 02, de 20 de março de 2020), ou seja: que todas as Missas e Celebrações sejam celebradas sem a presença dos fiéis.
  2. Seguindo as novas determinações do referido Decreto da Congregação, durante o Domingo de Ramos e o Tríduo Pascal, os Padres devem celebrar privadamente; portanto, sem a concelebração dos Padres por Região Pastoral (como antes eu havia determinado), podendo apenas concelebrarem os Padres que convivem na mesma Paróquia. Como Bispo Diocesano, eu presidirei todas as referidas celebrações, na Catedral Nossa Senhora do Desterro, somente com os Padres que lá exercem seu ministério presbiteral.
  3. O Assessor da Comissão Diocesana de Liturgia, Padre Ivan de Oliveira, em breve, encaminhará um pequeno manual para as celebrações da Semana Santa, elaborado a partir das novas determinações da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, que ajudará na preparação e na celebração da Semana Santa, particularmente o Tríduo Pascal, incluindo a intenção especial na Oração Universal que se pede ao Bispo Diocesano acrescentar diante da endemia que atravessamos (cf. o anexo).
  4. Pensa-se também de colocar no site da Diocese um modelo para a celebração simples da Ceia Judaica que cada família possa realizar em seu lar, em preparação ao Tríduo Pascal.
  5. Sobre as coletas especiais fica estipulado o que foi sugerido no Comunicado da CNBB:
    • Coleta para os Lugares Santos: 14 e 15 de setembro, Festa da Exaltação da Santa Cruz e Nossa Senhora das Dores;
    • Coleta para a Campanha da Fraternidade: 16 e 17 de novembro, Dia Mundial dos Pobres.
  6. Quanto ao cuidado dos mais vulneráveis, façamos todos os esforços possíveis para não os deixarmos sem a nossa assistência. Enquanto Diocese, queremos nos colocar à disposição das autoridades públicas para acolher as necessidades de cada Município e colaborar em tudo o que for possível, como por exemplo, oferecendo as estruturas físicas de nossas Paróquias e das Casas de Retiros.

Como Bispo Diocesano, faço-me próximo espiritualmente a todos e rezo para que o Senhor nos livre desta pandemia, dando-nos a docilidade e a serenidade para este momento tão difícil que vivemos.

E os abençoo, de coração, em nome de Jesus, o Bom Pastor.

 

Dom Vicente Costa
Bispo Diocesano

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima