5 de dezembro de 2021

Jundiaí /SP

Nota Oficial da Diocese de Jundiaí

 

Nota oficial do Bispo Diocesano

 “Façamos o elogio dos homens ilustres nossos pais através das gerações” (Eclo 44,1). ­

 

Queridos padres, diáconos, religiosos e religiosas, seminaristas, cristãos leigos e leigas de nossa Diocese de Jundiaí.

Na noite desta terça-feira, 02 de novembro, comemoração de todos os fiéis defuntos, nosso amado Monsenhor Durval de Almeida fez sua páscoa definitiva, após combater o bom combate, terminar a corrida, guardar a fé (cf. 2 Tm 4,7-8).

Como detalhamos em nossos meios de comunicação oficiais, Monsenhor Durval de Almeida nasceu em Itu, em 15 de junho de 1936, sendo ordenado presbítero no dia 30 de junho de 1968, assumindo o primeiro ofício como pároco na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, na cidade de Guarulhos, onde ficou por 20 anos. De volta a sua cidade natal, foi um dos fundadores da Paróquia São Camilo de Léllis, onde permaneceu por 11 anos e de onde saiu para assumir o ofício de pároco na Paróquia Nossa Senhora da Candelária. Lá, serviu por outros 12 anos. Foi reitor do Santuário Nacional Sagrado Coração de Jesus (Igreja do Bom Jesus), por sete anos. Por tanta dedicação e zelo, em 2003, recebeu o título de “Monsenhor”, condecoração oferecida por meu venerável predecessor, Dom Amaury Castanho, o 3º Bispo Diocesano de Jundiaí. Aos 82 anos, em 28 de junho de 2018, Monsenhor Durval de Almeida comemorou seu Jubileu de Ouro de Ordenação Presbiteral e como Pároco Emérito assumiu a função de capelão da Igreja Nossa Senhora do Patrocínio. Os fiéis ituanos não se esquecem do apostolado do zeloso padre, que em todas as segundas-feiras promovia a “Oração em Família”, quando era rezado o terço na casa de diferentes pessoas, na região central de Itu.

Desde março de 2020 residiu na Casa dos Presbíteros São João Maria Vianney.

Por meio desta, recomendo que nos próximos dias sejam celebradas missas na intenção do Monsenhor Durval de Almeida, respeitando sempre a precedência da tabela litúrgica. Peço, ainda, que seja observado o luto oficial de 7 dias em todo o território diocesano, culminando com a celebração da missa de 7º dia de falecimento no dia 08 de novembro.

Jundiaí, 3 de novembro de 2021. 

 

Dom Vicente Costa
Bispo Diocesano de Jundiaí

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Rolar para cima