Monge valombrosano é ordenado diácono em Jundiaí

Há 32 anos, Dom Roberto Pinarello de Almeida, então Bispo Diocesano de Jundiaí, consagrou a Deus, sob o patrocínio da Bem-aventurada Virgem Maria, Mãe das Graças de Montenegro, a Igreja matriz localizada no Jardim do Lago, em Jundiaí, confiada aos cuidados dos Monges Beneditinos Valombrosanos.

Na mesma ocasião em que o Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, fez memória deste importante acontecimento, em solene concelebração eucarística, na noite do dia 10 de maio, conferiu o sacramento da ordem no grau do diaconado ao monge beneditino Dom Miguel Machado Laroca, que assumiu como lema de ministério a exortação do Apostolo à comunidade de Éfeso: In vinculo pacis (Ef 4,3).

A celebração, que marcou o 5º dia da novena em preparação à festa da padroeira Nossa Senhora de Montenegro, contou com a participação dos monges da Congregação Valombrosana presentes no Brasil e de outros mosteiros; padres, diáconos e religiosos da Diocese de Jundiaí e de outros lugares; familiares, amigos, fiéis da comunidade de origem do ordenado e dos devotos da Santa Padroeira.

O neo-diácono é natural de Tapira no Paraná. Sua família, porém, reside há 20 anos em Jordanésia-Cajamar, no território da Paróquia de São Paulo Apóstolo. Foi numa das comunidades desta paróquia que Dom Miguel começou sua caminhada vocacional, atuando intensamente na vida da pequena Comunidade São Benedito desde seu início.

Fotos: Pedro Mazer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *