Missa de Cinzas abre Quaresma na Catedral

O tempo Litúrgico da Quaresma de 2019 será marcado pela reflexão da Campanha da Fraternidade que, neste ano, trás o tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e lema: “ Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27).

Na próxima Quarta-feira de Cinzas, dia 6 de março, a Igreja Católica inicia o Tempo Litúrgico da Quaresma. Na Catedral Nossa Senhora do Desterro, a abertura acontece na missa das 19h. Durante a celebração, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, os fiéis receberão as cinzas sobre suas cabeças, simbolizando o convite à conversão.

Em todas as paróquias da Diocese, distribuídas pelas 11 cidades, a saber: Cabreúva, Cajamar, Campo limpo Paulista, Itu, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Pirapora do Bom Jesus, Salto, Santana de Parnaíba e Várzea Paulista, haverá Missa com imposição das cinzas. Essas cinzas são produzidas a partir da queima de ramos abençoados no Domingo de Ramos do último ano. A data também marca a abertura oficial da Campanha da Fraternidade.

A atividade, que acontece desde 1962, quer chamar a atenção da sociedade para problemas que afetam os brasileiros, buscando caminhos de superação para essas adversidades. A realização da Campanha da Fraternidade nas Dioceses, Paróquias, comunidades se faz através do planejamento participativo e requer o envolvimento dos agentes de pastoral, das equipes de coordenação e animação, dos conselhos e outros órgãos a serviço do crescimento da vida comunitária (Texto-Base – p. 118).

O comprometimento dos agentes da Campanha da Fraternidade é essencial para a eficácia da Campanha, envolvendo e articulando os vários segmentos diocesanos e comunitários, pastorais sociais e movimentos, organizando encontros de formação e reflexão sobre o tema, estimulando a comunidade para a participação.

Na próxima Quarta-feira de Cinzas, dia 6 de março, a Igreja Católica inicia o Tempo Litúrgico da Quaresma. Na Catedral Nossa Senhora do Desterro, a abertura acontece na missa das 19h. Durante a celebração, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, os fiéis receberão as cinzas sobre suas cabeças, simbolizando o convite à conversão.

Em todas as paróquias da Diocese, distribuídas pelas 11 cidades, a saber: Cabreúva, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Itu, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Pirapora do Bom Jesus, Salto, Santana de Parnaíba e Várzea Paulista, haverá Missa com imposição das cinzas. Essas cinzas são produzidas a partir da queima de ramos abençoados na abertura da Semana Santa do último ano.

A data também marca a abertura oficial da Campanha da Fraternidade 2019. A atividade, que acontece desde 1962, quer chamar a atenção da sociedade para problemas que afetam os brasileiros, buscando caminhos de superação para essas adversidades.

A realização da Campanha da Fraternidade nas Dioceses, Paróquias, comunidades se faz através do planejamento participativo e requer o envolvimento dos agentes de pastoral, das equipes de coordenação e animação, dos conselhos e outros órgãos a serviço do crescimento da vida comunitária.  (Texto-Base – pág. 118)

O comprometimento dos agentes da Campanha da Fraternidade é essencial para a eficácia da Campanha, envolvendo e articulando os vários segmentos diocesanos e comunitários, pastorais sociais e movimentos, organizando encontros de formação e reflexão sobre o tema, estimulando a comunidade para a participação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *