28 de novembro de 2021

Jundiaí /SP

Igreja do Brasil dedicará o ano de 2023 às vocações

“Sem consciência vocacional, a Igreja não terá o vigor missionário que ela precisa ter”
(Dom Walmor Oliveira, presidente da CNBB, no 4º Congresso Vocacional, em 2019).

2023 será o Ano Vocacional na Igreja no Brasil, em comemoração pelos 40 anos do primeiro ano temático dedicado à reflexão, oração e promoção das vocações no país.

Os Bispos do Brasil aprovaram por unanimidade a proposta que foi apresentada pela Comissão Episcopal Pastoral para os Ministérios Ordenados e a Vida Consagrada da CNBB. A votação aconteceu no segundo dia da Assembleia Geral, na terça-feira, dia 12 de abril. O Encontro que reúne perto de 400 Bispos de todo o Brasil, de forma virtual, termina nesta sexta-feira (16).

A notícia foi recebida com muita alegria pelo Padre Lupércio Batista Martins, Assessor eclesiástico da Pastoral Vocacional e Serviço de Animação Vocacional (PV-SAV), Promotor Vocacional Diocesano e reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora do Desterro-Núcleo Propedêutico Sagrada Família. “Fomos surpreendidos com essa notícia e agora vamos nos preparar para esse Ano Vocacional”.

Para o presbítero o Ano Vocacional de 2023, na Diocese de Jundiaí, será uma grande oportunidade para fomentar e organizar a Pastoral.  Ele destacou que é urgente meditar não só a vocação presbiteral, mas também nos aprofundarmos sobre o serviço de animação vocacional. “Todos nós somos chamados por Deus a viver a nossa vocação, a nossa própria missão; as várias vocações que existem: matrimonial, familiar, presbiteral, familiar, diaconal, como também o chamado à vida consagrada, religiosa. Tudo isso deve ser conhecido, ser aprofundado na vida de cada um. Vamos coroar 2023 com a vivência da dimensão vocacional em sua plenitude”.

Padre Lupércio foi além e recordando a parábola da ovelha perdida, descrita em Mateus, Capítulo 18, Versículos de 10 a 14, refletiu: “A nossa vocação deve ser vivida sob a luz da Palavra de Deus. Jesus é o bom Pastor,  Ele nos conhece e nós o conhecemos; dessa forma,  Ele vai ao encontro das ovelhas”. E citando o lema da Pastoral Vocacional completou: “Deus vê, Deus chama, Deus envia, esse é o caminho!”.

Celebração pelos 40 anos

O Ano Vocacional de 2023 será momento especial de comemorar e dar continuidade a um processo iniciado em 1983, quando foi celebrado o primeiro ano vocacional do Brasil. Naquela oportunidade, a iniciativa “favoreceu e ampliou o reconhecimento de que toda a comunidade cristã é responsável pela animação, cultivo e formações das vocações”, esclarece Dom João Francisco Salm, Bispo de Tubarão (SC) e presidente da Comissão para os Ministérios Ordenados.

O segundo ano vocacional, que aconteceu em 2003, com o tema “Batismo, fonte de todas as vocações” – “promoveu um novo despertar vocacional, conscientizou para a vocação e missão batismal na comunidade eclesial e na sociedade”, e ainda favoreceu outros frutos para a Igreja, conclui Dom João.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Rolar para cima