18 de junho de 2024

Jundiaí /SP

Pesquisar

Fazenda da Esperança: um gesto concreto de misericórdia

A unidade masculina da Fazenda da Esperança na
Diocese de Jundiaí já é  uma realidade e foi instalada na cidade de Itu.

Uma nova unidade masculina da Fazenda da Esperança foi instalada no dia 4 de fevereiro, em Itu. Um lugar que quer ser sinal da presença viva de Deus, onde cada pessoa que por ali passar possa fazer a experiência de um reencontro com Deus.

A Fazenda da Esperança – unidade de Itu é uma obra que veio para ajudar homens carentes a abandonar a dependência das drogas e do alcoolismo e mostrar que é possível fazer a experiência de uma vida concreta do Evangelho.

Foi em clima de festa e de gratidão a Deus, que Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, Bispo Diocesano, presidiu a missa campal, concelebrada pelo Bispo emérito, Dom Vicente Costa, presbíteros da família da Esperança e da Diocese.

Na homilia, o Bispo recordou que é o Senhor que conduz a nossa história, nos conduz ao amor e ao seu coração pleno de misericórdia.

Dom Arnaldo falou ainda sobre o olhar de compaixão e de cuidado de Jesus no acolhimento dado aos discípulos e ao povo e destacou “Aqui arde o Espírito Santo, aqui encontramos muitos irmãos que carregam fardos muito pesados, ovelhas perdidas, machucadas e que são cuidadas com carinho, com amor, sem julgamento, com muita misericórdia”.

Dom Vicente falou da sua alegria ao ver que o sonho de ver a Diocese de Jundiaí sediar um monumento à misericórdia se tornou real, graças ao envolvimento de tantas pessoas que abraçaram o projeto. Ele desejou que “A Fazenda Esperança seja realmente um lugar onde resplandeça o amor da misericórdia de Deus, na pessoa do próximo”.

Durante a celebração, foi apresentado um grupo de voluntários do Rio Grande do Sul, que veio para ajudar a preparar o evento de inauguração e contribuir com a implantação dos serviços. Eles chegaram no dia 9 de janeiro.

Os jovens Luciano, José Carlos e Marcelino contaram suas histórias e de como a Fazenda Esperança foi importante para a recuperação de cada um deles. Marcelino é quem vai responder pela nova unidade de Itu, devendo contar com o auxílio de outros três irmãos de caminhada; Ramon, Luiz Ricardo e Alan.

O Padre Antônio Ferreira da Silva (Pe Ton), pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, de Itu, atendendo a um pedido de Dom Arnaldo, ungiu e abençoou as dependências da casa.  O presbítero também foi nomeado primeiro diretor da Fazenda da Diocese de Jundiaí, criada para propiciar o desenvolvimento pastoral, administrativo e terapêutico da nova casa. Cícero José dos Santos Júnior, Luiz Carlos Benedetti e Adilson Groblackner, foram escolhidos, respectivamente vice-presidente; secretário e 1º tesoureiro.

A unidade de Itu começou o trabalho de acolhimento e atendimento para 16 dependentes químicos do sexo masculino, vindos do interior do estado de São Paulo. Mas a expectativa é de que, em breve, muitos outros homens tenham a oportunidade de mudar de vida.

De acordo com o Padre Carlos Rafael Casarin, responsável pelo Projeto de construção das casas da Fazenda, no total, a unidade de Itu contemplará quatro casas de acolhida, área comum e área coberta para atividades esportivas, totalizando 2000 metros quadrados de área construída. “A beleza do Cristo que cura e resgata os nossos corações está impressa neste Projeto”, declarou o padre. A construção dessa primeira casa só foi possível graças a colaboração de empresas locais e da região e também com a generosidade dos fiéis.

Ao final, Dom Arnaldo agradeceu ainda aos fiéis da Paróquia Nossa Senhora Aparecida que cuidaram da preparação e organização da cerimônia de inauguração da Fazenda, bem como da acolhida das cerca de 300 pessoas presentes à cerimônia, entre autoridades locais, benfeitores, Nelson Giovanelli Rezende dos Santos, um dos fundadores da obra, fiéis diocesanos, diáconos, seminaristas, religiosas voluntárias, inúmeros Grupos de Esperança Viva (GEV), e membros de outras unidades da Fazenda da Esperança vindos de várias localidades do Estado.

A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica que atua desde 1983 no processo de recuperação de pessoas que buscam a libertação de seus vícios, principalmente do álcool e da droga. O trabalho de acolhimento da Fazenda contempla três aspectos: trabalho, convivência e espiritualidade e está espalhado por mais de 160 unidades no Brasil e no mundo. A Comunidade é regulamentada pela Resolução da ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e atende a Lei da Filantropia, a Política Nacional sobre Drogas, e a Resolução do Conselho Nacional de Política Sobre Drogas (CONAD).

Você pode visitar o local e também ajudar com doações.

A Fazenda Esperança na Diocese de Jundiaí fica na Antiga Fazenda Santo Antônio, na Rodovia Marechal Rondon, Bairro Caiacatinga, 3101, na Estância Turística de Itu (SP).

 

Fotos: Pascom da Paróquia Nossa Senhora Aparecida

 

Rolar para cima
Rolar para cima