21 de julho de 2024

Jundiaí /SP

Pesquisar

Encaminhamentos da 60ª Assembleia Geral da CNBB – 2

Comissão para a Juventude da CNBB incentiva
ações em torno da JMJ 2023 e do Papa para os jovens que não irão a Lisboa

Neste sábado, 22 de abril, terceiro dia de 60ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Comissão Episcopal para a Juventude apresentou aos bispos os encaminhamentos da Igreja do Brasil para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada em Lisboa de 1 a 6 de agosto.

A assessora da comissão, irmã Valéria Andrade Leal, destacou que a jornada é o principal evento católico do mundo e por isso o Vaticano tem um apreço especial por ele, incentivando a participação de jovens do mundo todo.

Até agora, do Brasil se inscreverem 23 bispos, 161 voluntários, 12.269 peregrinos e 111 pessoas para o Festival Vocacional.

Para os jovens que não irão para a JMJ, a comissão incentiva iniciativas nas dioceses de unidade em torno do evento e do Papa. “Sabemos que pouquíssimas pessoas vão para a jornada. Por isso pensamos em criar espaços de comunhão e de formação integral nas dioceses”, explicou.

A proposta é que antes da jornada as dioceses utilizem os materiais para encontros orantes e catequéticos oficiais no site da JMJ

Na sequência, os bispos da comissão apresentaram o novo Plano de Pastoral Juvenil da Igreja no Brasil “Ao seu lado”. Fundamentado nos discípulos de Emaús, o plano extrai a mística da Eucaristia e da Palavra de Deus para vivência da Pastoral Juvenil.

O documento é dividido em quatro eixos: formação; vocação e missão; estruturas de acompanhamento e assessoria; cidadania: casa comum e dignidade humana. “Torna-se prioridade de nosso Plano Pastoral Nacional da Pastoral Juvenil, preparar os agentes para iluminar a noite que envolve os jovens, fazendo-os sair do desânimo para a esperança; cativando-os com a beleza do Evangelho de tal modo que, em vez de se mostrarem fartos, peçam também como os discípulos de Emaús: ‘fica conosco’”, destaca o Bispo de Valença (RJ) e presidente da Comissão Episcopal para a Juventude, Dom Nelson Francelino, na apresentação do documento. (lisboa2023.org), mensagens do Papa para as Jornadas Diocesanas da Juventude (JDJ), testemunho dos patronos da JMJ, concurso do Hino da jornada e o terço no dia 13 de Maio, dia de Nossa Senhora de Fátima, padroeira de Portugal.

Para os dias de jornada, os jovens que não irão a Lisboa terão um subsídio preparado pela coordenação nacional e a equipe de comunicação dos Jovens Conectados para vivência da JMJ nas dioceses em três dias: um dia da reconciliação, com via sacra; um dia mariano; e um dia missionário, com missa de envio e ação concreta. O material ainda será divulgado.

Fonte cnbb.org.br

Rolar para cima
Rolar para cima