25 de outubro de 2020

Jundiaí /SP

Em tempos de isolamento, fiéis acompanham missas pela internet

Em apenas uma paróquia de Jundiaí, duas celebrações virtuais no
final de semana tiveram mais de 21 mil visualizações

Num momento em que o mundo todo assiste atônito ao avanço da pandemia do novo coronavírus, a fé torna-se uma grande aliada. Mas como professá-la em tempos de restrições e isolamento social? Sem poder ir à igreja após a suspensão das celebrações (no intuito de evitar aglomerações), católicos da Paróquia São João Bosco, no Eloy Chaves, em Jundiaí, estão participando das missas pela internet. Nesse final de semana, as celebrações feitas ao vivo pelo Facebook bateram 21 mil visualizações.

A igreja tem capacidade para receber quase mil pessoas. Na celebração virtual feita domingo (22) pelo Pároco, Padre Michael Henrique, foi como se a assembleia estivesse quase completa: 860 pessoas assistiram em tempo real.

As transmissões pela internet são comuns na paróquia, que completa três décadas este ano. Durante a semana do ‘Cerco de Jericó’, por exemplo, mais de 300 mil pessoas foram alcançadas na divulgação ao vivo durante as 20 horas de transmissão – segundo dados obtidos do Facebook e Youtube.

As transmissões são feitas com equipamentos próprios da igreja e operadas por voluntários – dependendo da celebração, a equipe é composta por até 10 pessoas. Até a escolha dos horários das missas pela internet foi discutida com os 12,2 mil seguidores da página no Facebook (www.facebook.com/sjoaoboscojundiai) e no perfil do Instagram (www.instagram.com/sjoaoboscojundiai).

“A internet nos dá a possibilidade de levar a palavra de Deus até as pessoas, mesmo com as restrições que estamos vivendo para evitar a contaminação pelo coronavírus”, afirmou o padre Michael Henrique. “É uma forma de levar o amor de nosso Senhor àqueles que aguardam em casa o fim desta pandemia”.

A família do casal Roberto Carlos e Priscila Reis assistiu a missa de sábado (21) à noite na sala da casa – que recebeu um altar e as cadeiras da cozinha para formar a assembleia. “Neste momento que estamos vivendo temos a graça de comungar Jesus Cristo espiritualmente. Oramos em família, como sempre fazemos”, destacou Priscila.

“A missa pra nós é o ponto mais importante da nossa fé, onde o pão se transforma em corpo e o vinho em sangue de Jesus, essa importância passamos para nós filhos, como não podemos ir à igreja trazemos a igreja para nosso lar”, comentou Vanessa Roncolato.

Para ela, preparar a casa para acolher Jesus foi uma linda experiência. “Ver eles cantando, rezando, ajoelhando, pedindo a Jesus pelo mundo, vemos que estamos no caminho certo sendo exemplos para nossos filhos e assim vamos seguindo, sempre mostrando a eles que Deus é maior e mais importante que tudo”.

Além da São João Bosco, outras 13 paróquias de Jundiaí também realizaram transmissões ao vivo das celebrações, nesse fim de semana.

Dados recentes divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que 74,9% dos lares brasileiros contam com acesso à internet – quase 100% deles conectados por meio dos telefones celulares. São mais de 126 milhões de pessoas navegando na rede mundial de computadores e desenvolvendo todo o tipo de atividade, inclusive a religiosa.

Créditos: IRS Comunicação e Marketing
Fotos: divulgação

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima