20 de outubro de 2021

Jundiaí /SP

Dom Vicente ordena novo presbítero: Padre Luís Ricardo da Silva Gracio

Pe. Luís Ricardo Gracio é ordenado em clima de muita alegria e emoção

Em uma tarde festiva e alegre, a Paróquia Nossa Senhora da Candelária, em Itu, acolheu o clero diocesano, amigos e familiares do Diácono Luís Ricardo da Silva Gracio, para a solene celebração Eucarística, na qual foi conferido ao Diácono Luís, a ordenação presbiteral. Devido à pandemia, a presença de fiéis foi restrita, estando presente apenas o clero e familiar, todos os procedimentos de higiene e segurança sanitária foram tomados. A cerimônia foi transmitida pelas redes sociais da Paróquia.

A celebração teve início às 15h50, com a entrada da Cruz, Diácono Luís, Pe. Francisco Carlos, Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Candelária e Dom Vicente. Pe. Francisco acolheu a todos e falou da alegria da paróquia em poder participar da ordenação do Diácono Luís, que saiu da paróquia para o seminário. Em seguida, Dom Vicente novamente acolheu os presentes e pediu para que o diácono apresentasse seus familiares e os representantes das paróquias onde ele passou realizando o estágio pastoral.

Após a proclamação do Evangelho, teve início o Rito de Ordenação, com a eleição do candidato ao presbiterado. Diácono Luís escolheu como lema presbiteral, a passagem bíblica de Oséias 11,4: ” Com laços de amor eu te atraí.”  

Na homilia, Dom Vicente destacou o amor, tema central das três leituras proclamadas e diretamente ligado ao lema escolhido. “ Diácono Luís, Deus prende a humanidade pelo amor. A Igreja cresce quando nós [ diáconos, padres e bispo], atraímos os irmãos pelo amor e não por um título. A Igreja comunidade de amor, cresce no amor. Querido Diácono Luís, seja um padre por amor a Deus, um amor em doação aos irmãos, amor ao serviço à Igreja e ao próximo. Um padre fiel ao amor, à misericórdia, à fraternidade e ao serviço,” destacou o bispo.

Seguindo a celebração, Diácono Luís manifestou publicamente os compromissos presbiterais e prometeu por toda vida a obediência e a prática da oração ao bispo e seus sucessores. Em seguida, se deitou no chão para a oração da Ladainha de Todos os Santos, entoada magnificamente pelo coral.

Terminada a Ladainha, em profundo silêncio e oração, Dom Vicente impôs as mãos sobre o Diácono seguido pelos padres, prosseguindo com o rito, o bispo realizou a oração consecratória. Os padres Milton e Enéas, revestiram o neo presbítero com as vestes sacerdotais. Padre Luís Ricardo Gracio se ajoelhou perante o Bispo o qual ungiu as mãos e as selou com uma faixa. Pe. Luís foi até seus pais, sua mãe desamarrou a mãos ungidas e assim, Pe. Luís proferiu, aos pais, sua primeira bênção como sacerdote, logo em seguida apresentou à toda assembleia suas mãos ungidas, momento de muita alegria e emoção.

Pe. Luís novamente assolhou-se à frente do bispo, quando recebeu o Cálice e a Patena, instrumentos pelo qual apresentará a Deus o Santo Sacrifício. Após a entrega, Dom Vicente o acolheu à família presbiteral, seguido de todos os padres. Concluindo o Rito de Ordenação Pe. Luís foi até os pais, onde recebeu um afetuoso e emocionado abraço dos seus pais e familiares.

Seguindo a missa, Pe. Luís concelebrou pela primeira vez a Eucaristia ao lado do bispo e demais presbíteros.

Nos agradecimentos, o neossacerdote agradeceu a todos que contribuíram para sua formação, pela confiança depositada nele pelo bispo nas mais diversas missões a ele confiada al longo dos quase dez anos de formação. Com os olhos marejados e a voz embargada, fez um agradecimento especial ao Monsenhor Durval de Almeida, o qual ajudou no seu discernimento vocacional e o incentivou a entrar no Seminário. Por fim, agradeceu a Nossa Senhora e às “Marias” dos seminaristas. Neste momento, entraramas funcionárias das casas paroquiais, por onde Pe. Luís passou, seguidas da imagem de Nossa Senhora da Candelária.

Colaboração: Tadeu Italiani  

Fotos: Tiago Bueno

 

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Rolar para cima