22 de junho de 2024

Jundiaí /SP

Pesquisar

Dom Arnaldo defende a vida na Câmara de Jundiaí

O Bispo Diocesano, Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, foi um dos convidados para falar na tribuna da Câmara Municipal de Jundiaí, durante a 112ª sessão ordinária do legislativo, em comemoração ao Dia do Nascituro, na manhã desta terça-feira, 10 de outubro. O ato também contemplou homenagens às gestantes.

Dom Arnaldo reiterou as palavras contidas na Nota Oficial da Diocese “A favor da Vida”, divulgada em 27 de setembro, pelos canais oficiais da Diocese. “A Vida é um direito inviolável para os que seguem Jesus Cristo”.
O Bispo expressou sua preocupação, que é a mesma de toda a Igreja, com relação a tramitação no Superior Tribunal Federal, da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 442, ação que pede a descriminalização do aborto até a 12ª semana de gestação. “Não se trata de uma pauta de interesse religioso, mas da sociedade, uma vez que o aborto é um problema humanitário”, declarou.
Dom Arnaldo alertou ainda que “o grau de progresso de uma civilização se mede, precisamente, pela capacidade de salvaguardar a vida, sobretudo nas fases mais frágeis, mais que pelo avanço tecnológico.

Confira a íntegra da mensagem do Bispo de Jundiaí, no vídeo que segue.

 

 

Participaram também o Presidente do Conselho de Pastores de Jundiaí (pastor Clovis Pontes), os representantes da Igreja Católica Apostólica Brasileira (Dom Paulo Geraldo Perboni), da União das Sociedades Espíritas de Jundiaí e Região (Cássio Lambert) e o presidente da UNITERREIROS (da Umbanda) Babalorixá Gihad Abou Abbase.

O Dia do Nascituro, em 8 de outubro, foi instituído no âmbito da Igreja Católica durante a 43ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em 2005. Em Jundiaí, a data foi incluída no calendário municipal, em 2008.

 

Rolar para cima
Rolar para cima