24 de fevereiro de 2024

Jundiaí /SP

Corpus Christi: Manifestação de fé e de amor na Eucaristia

Sessenta dias se passaram após a Festa da Páscoa e a Igreja Católica em todo o mundo celebrou na última quinta-feira, dia 8, a Solenidade de Corpus Christi.

A Festa de Corpus Christi nos faz reconhecer e valorizar Cristo como nosso alimento espiritual, o pão do céu, aquele que se dá em corpo e sangue para nós!

Pela Diocese de Jundiaí, a confecção dos tradicionais tapetes esteve no contexto do Ano Vocacional da Igreja do Brasil e da Campanha da Fraternidade 2023 com o tema “Fraternidade e Fome”. ( abaixo, confira alguns registros).

Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, nosso Bispo Diocesano, presidiu a celebração de Corpus Christi na cidade de Santana de Parnaíba, que acolhe anualmente neste dia fiéis vindos de todo o país. Concelebraram o pároco da Paróquia de Santa Ana, Marcelo Augusto Santos Garcia, o vigário paroquial, Rafael de Araújo Santos, e demais padres da região: Erickson Ramos da Silva, Jonatas Rodrigues da Silva, Noberto Savietto e Paulo Toni Jr.

A liturgia afirmou que Jesus é presença viva no pão eucarístico, alimento de vida para quem dele comunga.

Neste ano, o tapete de Santana de Parnaíba teve por tema central a “Eucaristia e as obras de misericórdia”, se estendeu por 850 metros e foi confeccionado por mais de mil voluntários, que utilizaram diversos materiais, como serragem, argila, casca de ovo, cal, pipoca e pó de café. A festa de Corpus Christi é considerada um dos eventos mais importantes da cidade, ficando atrás apenas da encenação da Paixão de Cristo.

Em Jundiaí, as comunidades paroquiais mantiveram viva a tradição de celebrar e manifestar publicamente sua fé por meio das procissões sobre tapetes.

Catedral Nossa Senhora do Desterro: 

 

Paróquia São Vicente de Paulo:

Paróquia  São José Operário:

 

  Nossa Senhora Aparecida: Jardim Novo Horizonte:

A Celebração foi às 8h da manhã, presidida pelo Pároco, Padre Lúcio Carlos Savieto, seguida da procissão logo após. Os alimentos na margem do tapete, foram doados pelos paroquianos. Os mesmos vão ser utilizados na composição das cestas básicas, que irão ser destinadas às famílias carentes, assistidas pela paróquia, através da Pastoral Social e da Conferência Vicentina.

Em Itu, centenas de pessoas trabalharam na preparação dos “tapetes”. Nos últimos anos, a confecção dos “tapetes” tornou-se mais coletiva e organizada, contando com o apoio do poder público e também de empresários. Às 15h aconteceu a missa na Igreja matriz Nossa Senhora da Candelária, seguida da procissão com o Santíssimo Sacramento. Saindo da Igreja Matriz, os fiéis percorreram as ruas centrais (rua Barão de Itaim, Largo do Carmo, Travessa do Carmo, rua Floriano Peixoto, Largo do Bom Jesus, rua Paula Souza) retornando à Igreja Matriz.

Paróquia Nossa Senhora da Candelária:

 

Paróquia Nossa Senhora Aparecida:

Em Louveira

Na Solenidade de Corpus Christi, inspirados na Vida, o Corpo e Sangue de Cristo e, especialmente este ano, na Campanha da Fraternidade, a comunidade  começou o tapete com as aves do céu que o Senhor alimenta e com os lírios do campo que o Senhor veste, lembrando que nos cabe o que precisamos hoje, sem acúmulo, sem egoísmo, confiando na providência de Deus. E seguiu agradecendo pelos frutos da terra, alimento para nosso corpo. Chegando ao Capivari, uma reflexão sobre a Campanha da Fraternidade reconhecendo o trabalho dos irmãos Vicentinos e da Pastoral da Criança presentes em nossa paróquia na luta contra a fome. E finalmente, trigo e uva, alimentos do corpo que se transformam em Corpo e Sangue de Cristo, nosso Alimento Espiritual.

Em Cajamar: As crianças da catequese arrecadaram alimentos para confeccionar o tapete.

Paróquia São Sebastião:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima