Começa hoje na 57ª AG a escolha da nova presidência da CNBB

Nesta segunda-feira, 6 de maio, começa o processo eleitoral que escolherá os bispos que estarão à frente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) pelos próximos quatro anos (2019-2023). O episcopado brasileiro, através de voto secreto, elegerá o presidente, vice-presidente, segundo vice-presidente, secretário geral, presidentes das Comissões Episcopais Pastorais da CNBB e seus representantes junto à Conferência Episcopal Latino-americana (CELAM).

Foram instaladas 17 urnas eletrônicas no Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida, local onde é realizada a 57ª Assembleia Geral da CNBB. As urnas, com um sistema pelo Departamento de Tecnologia da Informação da CNBB, foram idealizadas para rodar em plataforma web, conectada a um servidor de banco de dados, foram testadas por todos os bispos no último sábado dia 4.

Para facilitar o processo de votação, que devera durar até a próxima quinta-feira dia 9, cada bispo recebeu um manual de instrução para uso do sistema de votação, com o número de matrícula de todos os candidatos e eleitores. Todos os membros da CNBB podem ser votados, mas apenas os bispos presentes na Assembleia Geral têm direito ao voto. Os bispos eméritos presentes na Assembleia Geral podem ser consultados, mas não têm direito ao voto.

Os atuais presidente da CNBB, Cardeal Sergio da Rocha, Arcebispo de Brasília (DF), vice-presidente, Dom Murilo Sebastião Ramos Krieger, Arcebispo de São Salvador da Bahia (BA), Primaz do Brasil, e Secretário Geral, Dom Leonardo Ulrich Steiner,Bispo Auxiliar de Brasília – DF,
permanecem em suas funções até o término da 57ª Assembleia Geral, onde serão empossados os bispos eleitos para a nova presidência da CNBB, assim como os presidentes das Comissões Episcopais.

A cerimônia de posse está marcada para acontecer na manhã da próxima sexta-feira, 10 de maio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *