12 de junho de 2021

Jundiaí /SP

Alegria em meio às trevas

“Outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor. Procedei como filhos da luz” (Ef 5,8-9).

 

Caríssimos leitores e leitoras: dentro da caminhada litúrgica da Igreja,  estaremos vivendo, no próximo domingo, o quarto domingo da Quaresma, o assim chamado Domingo Laetare ou o “Domingo da Alegria”. Embora ainda não tenhamos chegado ao fim do caminho quaresmal, o Senhor nos ajuda a manter o ânimo em dia, de modo que a alegria da Páscoa comece a ser, aos poucos, vislumbrada.

Na liturgia, esse espírito alegre manifesta-se na opção oferecida aos sacerdotes e diáconos, que podem utilizar paramentos cor-de-rosa (cor rósea), que simbolizam a alegria. De fato, perceber a luz de Cristo iluminando as trevas do mundo, é motivo de nos alegrarmos, pois não estamos sozinhos na luta contra o pecado e a morte. O próprio Jesus caminha conosco e nos ilumina a vida.

Ninguém pode negar a escuridão espiritual na qual se encontra o mundo moderno. Basta uma ligeira olhada para a nossa sociedade e teremos muitas provas deste fato: a miséria que assola os pobres; a injustiça contra os fracos; a falta de emprego para os que desejam honestamente conquistar o pão de cada dia; a violência que tira a paz do nosso país; as desavenças que tiram a paz e a harmonia dos nossos lares e das nossas famílias, etc.

Em meio aos sacrifícios deste tempo quaresmal e diante das maldades do mundo, jamais podemos nos deixar abater. Por trás de tantas coisas infelizes, somos chamados a descobrir a alegria que vem da verdadeira vida em Deus.

Diante das situações dramáticas e difíceis, devemos ter fé suficiente para saber que “o Senhor é meu pastor, nada me falta” (Sl 23[22], 1). Nossa maior alegria é perceber que Deus cuida de nós em todas as circunstâncias, pois Ele nos ama e se preocupa com tudo o que nos aflige. Entretanto, para viver realmente a dinâmica desse amor confiante, Deus exige de nós a prática do bem e do amor.

O Apóstolo Paulo ensinou à comunidade de Éfeso esta verdade que se aplica a todos os discípulos e discípulas de Jesus: “Outrora éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor. Procedei como filhos da luz. E o fruto da luz é toda espécie de bondade e de justiça e de verdade” (Ef 5,8-9). Então, caminhando na luz de Cristo e sendo também luz em meio às trevas, estaremos cumprindo a missão que Deus nos confiou.

Caríssimos leitores e leitoras: o Senhor Jesus, que é a luz do mundo (cf. Jo 8,12), abre nossos olhos e nos cura da cegueira espiritual que nos impede de enxergar o nosso egoísmo e a necessidade de tantos irmãos e irmãs que caminham ao nosso lado. Cheios da alegria que vem da Palavra de Deus, devemos agradecer a Deus pelas oportunidades que temos de ajudar o pobre e o doente, o órfão e a viúva, o perseguido e o refugiado, o encarcerado e os que vivem em condições de vida não dignas.

Não nos permitamos, portanto, aderir ao consumismo e ao individualismo, à indiferença e à omissão propagados pelo mundo, tornando-nos cegos e indiferentes, fechados à caridade. Assim como Cristo passou a vida fazendo o bem (cf. At 10,38), façamos também a nossa parte, sendo verdadeiros discípulos e missionários do Senhor Jesus.

Um caminho concreto para servirmos com alegria na luta contra as trevas do mundo, nos é dado pela Campanha da Fraternidade 2020. Inspirados por seu lema, sintamos compaixão dos necessitados, deles nos aproximemos e nos coloquemos a cuidar daqueles que o Senhor coloca diante de nós (cf. Lc 10, 33-34). Este é um verdadeiro compromisso com Deus: colocar nossos dons a serviço da vida, para vivermos realmente a fraternidade que agrada o coração do Pai.

Ainda restam alguns passos nesta caminhada quaresmal. Cada um de nós continue perseverando na oração, na conversão e na caridade. Servir ao próximo deve ser a nossa maior alegria, mesmo quando as trevas do pecado nos ameaçam. Com a graça divina, estejamos sempre de olhos bem abertos às necessidades dos nossos irmãos e irmãs.

E a todos abençoo.

Publicado no jornal A Federação em 19.03.2020.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima