22 de junho de 2024

Jundiaí /SP

Pesquisar

59ª Assembleia Geral dos Bispos do Brasil: penúltimo dia de atividades

Na tarde desta quinta-feira, 1º de setembro, os Bispos do Brasil reunidos no Santuário Nacional de Aparecida, fizeram a foto oficial do encontro, que marca também os 70 anos da criação da CNBB – Conferência  Nacional dos Bispos do Brasil.

Mais de 400 bispos entre ativos e eméritos participam do encontro que termina nesta sexta-feira, dia 2.

Foto: Thiago Leon/Santuário Nacional

CNBB: São sete décadas de história e missão. 

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) vai completar 70 anos de fundação. Criada em 14 de outubro de 1952, a entidade, com seu compromisso de “servir sempre mais”, deu início em 14 de outubro de 2021 a seu ano jubilar.

A reunião de instalação da Conferência Episcopal foi realizada no palácio São Joaquim, no Rio de Janeiro, onde ocorreu também a eleição da comissão permanente encarregada de dirigir a entidade, constituída por dom Alfredo Vicente Scherer, dom Mário de Miranda Vilas Boas e dom Antônio Morais de Almeida Júnior.

Dom Helder Câmara, então Bispo auxiliar do Rio de Janeiro e idealizador da conferência, foi designado secretário-geral, e o cardeal Carlos Carmelo de Vasconcelos Motta, então Arcebispo de São Paulo, foi eleito o primeiro presidente da entidade, função que exerceu por dois mandatos.

Em 11 de abril de 1967, o vice-presidente da República, Pedro Aleixo, no exercício da Presidência da República – por causa de uma viagem do presidente Costa e Silva, assinou o decreto 60.581, declarando de utilidade pública a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Na época, a CNBB tinha sede no Rio de Janeiro.

O ano jubilar, segundo o presidente da CNBB, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, será oportunidade de aprofundar e ousar “novas respostas na tarefa de investir em uma Igreja sinodal, efetivamente de comunhão e participação, fecundos na missão”.

Rolar para cima
Rolar para cima