4 de dezembro de 2020

Jundiaí /SP

Papa Francisco lança a Exortação Apostólica pós-sinodal

Foi publicada em 12 de fevereiro a Exortação Apostólica pós-sinodal do Papa Francisco “Querida Amazônia”, resultado da Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a região Pan-Amazônica, celebrada em Roma de 6 a 27 de outubro de 2019.

Trata-se de um texto de 25 páginas estruturado em quatro partes e uma conclusão em que o Pontífice, conforme assegura ele mesmo, deseja “oferecer um breve quadro de reflexão que encarne na realidade amazônica uma síntese de algumas grandes preocupações já manifestadas por mim em documentos anteriores, que ajude e oriente para uma recepção harmoniosa, criativa e frutuosa de todo o caminho sinodal”.

A Exortação procura sugerir caminhos para que a Igreja se encarne na Amazônia: “Deve encarnar-se a pregação, deve encarnar-se a espiritualidade, devem encarnar-se as estruturas da Igreja. Por isso, nesta breve Exortação, ouso humildemente formular quatro grandes sonhos que a Amazônia me inspira”.

Esses quatro grandes sonhos, ou blocos temáticos que dão estrutura à Exortação são: o sonho social, o sonho cultural, o sonho ecológico e o sonho eclesial.

“Sonho com uma Amazônia que lute pelos direitos dos mais pobres, dos povos nativos, dos últimos, de modo que a sua voz seja ouvida e sua dignidade promovida. Sonho com uma Amazônia que preserve a riqueza cultural que a caracteriza e na qual brilha de maneira tão variada a beleza humana. Sonho com uma Amazônia que guarde zelosamente a sedutora beleza natural que a adorna, a vida transbordante que enche os seus rios e as suas florestas. Sonho com comunidades cristãs capazes de se devotar e encarnar de tal modo na Amazônia, que deem à Igreja rostos novos com traços amazônicos”, diz o Papa.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Rolar para cima