“O Senhor Deus tomou o homem e o colocou no jardim do Éden, para cultivá-lo e guardá-lo” (Gn 2,15)

Mais do que nunca, nós, os cristãos, precisamos testemunhar a comunhão, o diálogo e o respeito mútuo entre aqueles que creem em Jesus e na Sua Palavra. Neste mundo globalizado e marcado por conflitos, como a intolerância, a injustiça social, a falta de oportunidades iguais para mulheres e homens e tantos outros desafios, todo esforço que vise à boa convivência entre todos é louvável e oportuno. É urgente que tenhamos consciência da gravidade desta situação e da necessidade de atitudes concretas, inspirados na Palavra que diz: “Vós sois o sal da terra e a luz do mundo” (cf. Mt 5, 13-16).

Essas foram as palavras do Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, por ocasião do Ato Ecumênico em favor da preservação da Serra do Japi. A ação aconteceu no sábado 23 de novembro.

Unidos em uma só voz e em uma só fé, dezenas de pessoas se reuniram em frente à guarita da Guarda Civil Municipal (GCM), no início da trilha da Serra do Japi, na região do Parque Residencial Eloy Chaves, em Jundiaí, e realizaram o ‘Abrace a Serra do Japi’, um gesto profético que destacou o cuidado com a nossa Casa Comum.

Estiveram presentes também os Padres Silvio Andrei Rodrigues, Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, de Santana de Parnaíba, e Michael Henrique dos Santos, Pároco da Paróquia São João Bosco, de Jundiaí; Pastor Ricardo Salles, da Igreja Nazareno; Pastor Francisco Vanderlinde, da Igreja Unidade Missionária Cristã; e representando o Poder Legislativo de Jundiaí, o vereador Douglas do Nascimento Medeiros.

Serra do Japi

A Serra do Japi é um raro remanescente de Mata Atlântica no Interior do Estado de São Paulo, detentora de 7% de remanescentes da formação original do bioma Mata Atlântica do Brasil. É considerada “Reserva da Biosfera da Mata Atlântica” pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). É formada por uma pequena cadeia montanhosa, composta por diferentes tipos de solo e uma riqueza de biodiversidade.

Localizada entre os municípios de Jundiaí, Cabreúva, Pirapora do Bom Jesus e Cajamar, a Serra do Japi estende-se por um total de 350 Km². Desse total uma área de 191,7 km² foi tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo (CONDEPHAAT).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *