22 de maio de 2024

Jundiaí /SP

Pesquisar

Diocese sedia encontro de diáconos e esposas com Dom Moacir Silva

Os diáconos e esposas da Sub-região Sorocaba do Regional Sul 1 da CNBB, que compreende a Arquidiocese de Sorocaba e Dioceses de Jundiaí, Itapetininga, Itapeva e Registro se encontraram com Dom Moacir Silva, Arcebispo Metropolitano de Ribeirão Preto (SP) e Bispo Referencial da Comissão Regional dos Diáconos Sul 1.

O encontro aconteceu no último sábado, dia 27 de abril, no Centro de Evangelização Arca da Aliança “Mãe da Divina Providência” – Paróquia Cristo Redentor, em Várzea Paulista.

Também marcaram presença os Diáconos José Silva, da Diocese de São José dos Campos e presidente da Comissão Regional dos Diáconos do Regional Sul 1 CNBB, e João Lázaro Silva, da Diocese de Santo André – Vice-Presidente, e José Roberto dos Santos, também da Diocese de São José dos Campos e tesoureiro.

Da Sub-região Sorocaba, participou o Diácono Sílvio Bruzzo, presidente da Comissão dos Diáconos da Arquidiocese de Sorocaba.

O Diácono Ferreira Souto, representou a Comissão Diocesana de Diáconos de Itapetininga e a Diocese de Registro enviou o Diácono Anízio Sílvio de Freitas.

Após a acolhida feita pelo Diácono Carlos Alberto Cubero, presidente da Comissão de Diáconos da Diocese de Jundiaí, foi rezada a Oração das Laudes, conduzida pela equipe da Arquidiocese de Sorocaba.

Dom Moacir Silva destacou em sua palestra a temática “Povo de Deus no Concílio Vaticano II e Catecismo da Igreja Católica”. “O diácono deve ser o animador do Povo de Deus, em especial entre os pobres”, falou. “O Diaconado age em Comunhão, Participação e Colegialidade, confirmando a Sinodalidade”, exortou o Bispo.

Dom Moacir destacou ainda que “a sinodalidade é o sinal maior do objetivo da caminhada até o seu final, o Reino Celeste. Deve ser vista na Igreja como sinal da missão. “Jesus é a via de Deus até o homem, e do homem até Deus. Ele é o caminheiro, devemos segui-lo, o caminho perfeito”, completou. Dom Moacir também destacou o papel dos diáconos nos Documentos de Puebla e Santo Domingo e nos Documentos do Vaticano II.

Dom Vicente Costa, Bispo Emérito de Jundiaí, visitou o encontro e fez uma saudação em nome de Dom Arnaldo Carvalheiro Neto, Bispo Diocesano, e apresentou o novo assessor da Comissão de Jundiaí, Pe. Rafael Pitthan Gomes Casaca. Este fez uma saudação aos diáconos e esposas.

No momento da partilha, foi destacada a necessidade de incentivar a participação de viúvas de diáconos nos eventos diaconais, além dos incentivos aos diáconos viúvos e eméritos nos retiros e encontros de formação.

O encontro terminou com almoço.

Colaboração: Diácono José Carlos Pascoal – ENAC/CND

Rolar para cima
Rolar para cima