5 de dezembro de 2021

Jundiaí /SP

CRB-Núcleo de Jundiaí tem nova equipe de coordenação

A Conferência dos(as) Religiosos(as) do Brasil (CRB) – Núcleo Diocesano elegeu no sábado, dia 20 de novembro, a nova equipe de coordenação diocesana.

À equipe eleita, Dom Vicente destacou a importância da equipe de coordenação para continuar a animação das (os) religiosas (os), cada qual em sua missão e carisma na Diocese de Jundiaí.

Confira os nomes das religiosas escolhidas:

Coordenadora Diocesana: Irmã Maria Nilva de Souza, da Congregação das Irmãs Franciscanas da Penitência (FP).

Vice-coordenadora: Irmã Ivone Maria Da Canal, da Congregação das Irmãs de São Vicente de Paulo “Servas dos Pobres” de Gysguem (ISVPG).

Secretária: Irmã Sthefani de Camargo Peres, das Irmãs Carmelitas Teresianas (CT).

A equipe que deixou a coordenação agradeceu e deu as boas-vindas às eleitas: “ao Espírito Santo que sempre nos ajuda a manter a fidelidade à vida consagrada, seguindo os passos do Mestre Jesus e a Igreja. Que Maria, a fiel discípula nos abençoe em nossa Missão junto aos Pobres. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo”.

No mesmo dia, reunidas no Centro de Convivência “Mãe do Bom Conselho”, das Irmãs Agostinianas, no Bairro da Colônia, em Jundiaí, as religiosas da Conferência de Jundiaí se confraternizaram e participaram de uma gincana de integração.

O Bispo Diocesano, Dom Vicente Costa, marcou presença e falou sobre o tema “Sinodalidade da Igreja”.

“O tema da sinodalidade não é o capítulo de um tratado de doutrina ou de teologia, ‘muito menos uma moda, um slogan ou o novo termo a ser usado ou explorado em nossas reuniões’. A sinodalidade expressa a natureza da Igreja, sua forma, seu estilo, sua missão”. Trata-se de um dinamismo de escuta mútua: ‘um dinamismo de escuta recíproca, realizando em todos os níveis da Igreja, envolvendo todo o povo de Deus’; sublinhou, pois, “a palavra ´sínodo’ contém tudo o que precisamos entender: caminhar juntos”. Em primeiro lugar, devemos ouvir a voz do Espírito Santo, o verdadeiro “protagonista da Igreja”, ouvir a Palavra de Deus e orar, principalmente na celebração da Santa Eucaristia. E saber discernir, à luz dos desafios da Igreja e do mundo de hoje, como tornar o Evangelho de Jesus Cristo mais atual em nossas vidas e a Igreja mais a serviço do Reino de Deus.”, recordou Dom Vicente as palavras do Papa Francisco aos católicos de sua Diocese de Roma sobre a abertura do Processo Sinodal.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Rolar para cima