Bispos da Amazônia Brasileira se encontram em Belém para preparação final ao Sínodo

 

A Arquidiocese de Belém recebe de hoje, dia 28, a 30 de agosto os bispos de toda a Amazônia Brasileira.

O encontro foi organizado com a finalidade de promover um momento de estudo do Documento de Trabalho do Sínodo, bem como partilha das experiências das escutas e da caminhada do processo sinodal nas dioceses e prelazias da Amazônia. Organizado pela Comissão Episcopal Especial para a Amazônia (CEA), com apoio da Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM-Brasil), a reunião será realizada no Centro de Espiritualidade Monte Tabor, da Arquidiocese de Belém (PA).

O arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom Walmor Oliveira de Azevedo, participa do encontro. Sobre o Documento de Trabalho do Sínodo, que será objeto da reflexão dos bispos, dom Walmor ressaltou que há uma leitura antropológica muito pertinente rumo à perspectiva da ecologia integral. O presidente da CNBB reforçou que o maior desafio, ainda nesta fase de preparação, é reforçar a leitura teológica uma vez que a tarefa principal da Igreja é a evangelização e o anúncio de Jesus Cristo.

“Enfrentaremos estes desafios e o faremos do melhor modo possível para que o Sínodo, atividade que está em profunda sintonia com o coração do papa Francisco, represente uma grande contribuição para a Amazônia, para a Igreja no Brasil e no mundo”, disse.

Coordenado pelo cardeal Cláudio Hummes, presidente da CEA e da REPAM, e relator do Sínodo para a Amazônia, o encontro conta com a participação de todos os bispos titulares e auxiliares das 56 dioceses e prelazias da Amazônia Brasileira. Participam, também, leigas, leigos e religiosos, lideranças dos seis regionais da CNBB que compõem a região, para contribuir com as vozes das realidades e na interlocução com os bispos.

Dom David Martinez de Aguirre Guiné, bispo de Puerto Maldonado, no Peru, e Padre Michael Czerny, subsecretário da Seção Migrantes e Refugiados para o Serviço de Desenvolvimento Integral Humano, nomeados secretários do Sínodo para a Amazônia, estão presentes no encontro de estudo. Além deles, Cristiane Murray, da secretaria do Sínodo e vice-diretora da Sala de Imprensa da Santa Sé, também participa. Alfredo Ferro, de Letícia, na Colômbia, da equipe de assessores da REPAM internacional e assessores da REPAM-Brasil auxiliam na realização do encontro.

Essa é a última atividade antes do Sínodo, em outubro, que reunirá todos os bispos da Amazônia brasileira, bispos de outros países cujo território encontra-se parte do  bioma e bispos do mundo todo.

Sínodo para a Amazônia

O Sínodo para Amazônia é uma resposta do Papa Francisco à realidade da Pan-Amazônia.  “o objetivo principal desta convocação é identificar novos caminhos para a evangelização daquela porção do Povo de Deus, especialmente dos indígenas, frequentemente esquecidos e sem perspectivas de um futuro sereno, também por causa da crise da Floresta Amazônica, pulmão de capital importância para nosso planeta”, declarou o Papa.  

O Sínodo será realizado no Vaticano entre os dias 6 e 27 de outubro próximo.

 Fonte: cnbb.org.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *