Jovens: Sinais de alegria e esperança na Igreja e no mundo

“Jovens, sejais fortes e que a Palavra de Deus permaneça em vós” (cf. 1Jo 2,14c).

Queridos irmãos da Igreja de Deus que se faz presente na Diocese de Jundiaí:

A Igreja, particularmente a do Brasil, há tantos anos vem trabalhando pela evangelização da nossa juventude, a fim de que os jovens assumam um processo integral de sua formação e descubram, a partir da fé na pessoa e na proposta de Jesus Cristo, a verdadeira felicidade que tanto procuram.

A Igreja da América Latina, na 3ª Conferência do Episcopado Latino-Americano (Puebla, México, 27/01 a 13/02/1979), já tinha assumido a “opção preferencial pelos jovens”, porque “a Igreja confia nos jovens. Eles são a sua esperança. A Igreja vê na juventude da América Latina um verdadeiro potencial para o presente e o futuro de sua evangelização” (n. 1186).

Em 2007, às vésperas do encontro do Papa Bento XVI com os jovens no Estádio Municipal do Pacaembu, em São Paulo (10 de maio), e após dois anos de reflexão e de duas Assembleias Gerais, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) publicou um documento muito importante para valorizar e dinamizar a ação evangelizadora da juventude do Brasil e que tem como título: Evangelização da Juventude. Desafios e perspectivas pastorais (Documentos da CNBB, nº 85). Neste documento os Bispos do Brasil apresentam alguns elementos importantes para conhecer a realidade dos nossos jovens para que, a partir do olhar de fé baseado na Palavra de Deus e do ensinamento oficial da Igreja, se proponham algumas linhas de ação que favoreçam uma verdadeira evangelização da juventude. Também são oferecidas sugestões concretas visando promover e assegurar os direitos dos jovens no campo social, como, por exemplo: na educação, no mercado de trabalho, na cultura e lazer, na segurança pública e no combate à criminalidade, na saúde e assistência social, bem como na participação política.

Dentre as várias pistas de ação que o Documento dos Bispos apresenta destaca-se a proposta de organizar o Setor Diocesano da Juventude: é preciso “organizar o Setor Juventude em cada Igreja particular, de forma criativa e participativa, para fortalecer e dinamizar a evangelização da juventude a partir de todas as forças presentes” (n. 198). As características principais desse Setor Diocesano da Juventude são: a simplicidade na organização, a busca da unidade, a valorização de todos e o respeito ao modo diferente dos jovens viverem sua fé e sua espiritualidade na Igreja, como por exemplo: na Pastoral da Juventude e noutros grupos de jovens das nossas comunidades, nos Movimentos Eclesiais, nas Associações Religiosas e nas Novas Comunidades. É o que tem tentado fazer o Setor Juventude da nossa Diocese desde a sua criação. Atualmente esse Setor é coordenado por Ana Paula dos Santos, da Paróquia Cristo Rei, em Salto, e por cada representante das 11 Regiões Pastorais da Diocese e assessorado pelo padre Antônio Ferreira da Silva.

No trabalho evangelizador da juventude, como não se lembrar do mencionado encontro do Papa Bento XVI com a juventude no Estádio Municipal do Pacaembu (10/05/2007)! A partir do encontro de Jesus com o jovem rico (cf. Mt 19,16-22), a quem Jesus lançou um olhar de “amor” (Mc 10,21), mas que, infelizmente, foi-se embora, pois não queria se despojar dos seus bens para seguir, por inteiro Jesus, o Papa Bento XVI afirmou: “Sois jovens da Igreja. (…) Vós, jovens, não sois apenas o futuro da Igreja e da humanidade, como uma espécie de fuga do presente. Pelo contrário: vós sois o presente jovem da Igreja e da humanidade. Sois seu rosto jovem. A Igreja precisa de vós, como jovens, para manifestar ao mundo o rosto de Jesus Cristo, que se desenha na comunidade cristã”.

O Papa Francisco também tem mostrado o seu amor afetuoso e carinhoso pelos jovens. Seguindo o exemplo de São João Paulo II, o “Apóstolo dos Jovens”, que “inventou” a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em 20/12/1985 e que participou de nove delas, e do Papa Bento XVI, que participou de três, o Papa Francisco já participou de duas JMJ (a 28ª, no Rio de Janeiro: 23 a 28/07/2013 e a 31ª, em Cracóvia, Polônia: 26-31/07/2016) e já marcou os temas das três próximas JMJ. São todos eles dedicados a Maria, perfeita discípula missionária do Senhor, como ele mesmo afirmou: “Neste ano (2017), refletiremos sobre a fé de Maria, quando disse no Magnificat: ‘O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas’ (Lc 1,49). O tema do próximo ano (2018): ‘Maria, não temas, pois achaste graça diante de Deus’ (Lc 1,30) far-nos-á meditar sobre a caridade, cheia de coragem, com que a Virgem acolheu o anúncio do anjo. A JMJ de 2019 inspirar-se-á nas palavras: ‘Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra’ (Lc 1,38), a resposta de Maria ao anjo, cheia de esperança” (Mensagem do Papa Francisco para a 32ª JMJ). A 32ª JMJ (2017) e a 33ª (2018) são vividas nas Dioceses espalhadas pelo mundo, enquanto que a 34ª JMJ será realizada no Panamá (22 a 27/01/2019).

Querendo envolver ainda a juventude na grande obra da evangelização, o Papa Francisco escolheu o seguinte tema do próximo Sínodo dos Bispos, a ser realizado em outubro de 2018: “Os jovens, a fé e o discernimento vocacional”. É uma maneira de ajudar os jovens no discernimento de sua vocação e do seu projeto de vida ao matrimônio, no âmbito laical e profissional, ou então à vida consagrada e ao ministério ordenado (diaconal ou presbiteral).

Queridos irmãos diocesanos, particularmente jovens: neste ano, o Setor Juventude da nossa Diocese programou três encontros muito importantes para a nossa juventude: (1) a 5ª Jornada Diocesana da Juventude, com o tema mariano: “O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas” (Lc 1,49), no Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, em Jundiaí (7 a 9 de julho); (2) o Encontro com os Jovens, Adolescentes, Acólitos e Crismandos com o Núncio Apostólico, Representante do Papa Francisco no Brasil: na Arca da Aliança, Várzea Paulista, às 19h (12 de agosto); (3) o Dia Nacional da Juventude, na Paróquia São José Operário, Bairro Retiro (24 de setembro). Jovens: participem destes três encontros!

Que a jovem de Nazaré interceda por todos nós, particularmente pelos nossos jovens, para que possamos viver as maravilhas que o Senhor realiza em nós e através de nós.

A todos abençoo, particularmente os jovens e todos aqueles que se dedicam a eles.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *