“Bendito o que vem em nome do Senhor”

Por padre Márcio Felipe de Souza Alves

Na tarde de hoje, 14, teve início no Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida, a primeira Visita Pastoral de Dom Vicente Costa, Bispo Diocesano de Jundiaí. Confira abaixo o discurso de acolhida do padre Márcio Felipe, reitor do santuário, a Dom Vicente.

Discurso de Acolhida – Visita Pastoral do Bispo Diocesano

“Bendito o que vem em nome do Senhor” (Lc 13,35). Motivado por este trecho tirado do Evangelho de Lucas 13,35, quero saudar o senhor Dom Vicente, que hoje não só por mim, mas por toda a comunidade da Casa da Mãe Aparecida da Diocese de Jundiaí, proclama que sois bendito, porque aqui o senhor chega em nome de Jesus, para nos congregar na fé, para nos aproximar mais de Deus.

O senhor chegou hoje por volta das 12h. Já trabalhamos, e trabalhamos muito! Gostaria de destacar o carinho do senhor para com os nossos funcionários, para com os diáconos, comerciantes e famílias que o senhor teve a oportunidade de visitar no dia de hoje. Apesar de ser um dia intenso, asseguro-lhe, que a vossa presença muito engrandeceu a todos que tiveram a oportunidade de vê-lo, tocá-lo. E sabe por que isso Dom Vicente? Porque para os devotos da Senhora Aparecida vê-lo, tocá-lo é o mesmo que ver e tocar o próprio Cristo.

Amanhã teremos um dia muito intenso! Acredito que desde já, em vossas orações, o senhor poderia colocar todos os que vamos visitar, e de modo particular os enfermos e os pobres. Afinal foi para eles (os pobres e enfermos) que Jesus chamou não somente o senhor, mas chamou a todo homem e mulher de boa vontade.

Nesta missa em que marca oficialmente a abertura da Visita Pastoral do senhor a Casa de Nossa Senhora Aparecida, tenho a plena certeza de que se realiza na vida de cada devoto da Mãe o que Santo Inácio de Antioquia proclamou: “onde está o Bispo aí está a Igreja”.

Estamos como Igreja, diante de vossa excelência, porque sabemos que o senhor vem até nós para nos congregar na fé, para nos unir a Cristo Jesus, que com Maria, neste ano em que fazemos memória dos 40 anos da Restauração da Imagem Milagrosa da Imaculada Conceição de Nossa Senhora Aparecida, nos permitimos deixar restaurar pela Palavra de Deus, e pelo pedido de Jesus para sermos sempre mais seus discípulos missionários, que não tem medo de “avançar para s águas mais profundas” (Lc 5,4).

Apenas iniciamos o caminho da Visita Pastoral. Ainda é preciso se levantar e comer, pois, temos um caminho longo a percorrer (cf. 1Rs 19,7).  Pois bem, a primeira parte deste pedido que o anjo do Senhor fez a Elias, e por que não dizer que fez a cada um de nós no dia de hoje, já fizemos, ou seja, celebramos a Eucaristia, este alimento que nos dá o sustento necessário para continuarmos a caminhada.

Portanto peço ao senhor Dom Vicente, e a todos vocês devotos da Senhora Aparecida, continuemos de pé, porque com a força da Eucaristia caminharemos até domingo, quando encerraremos esta Visita Pastoral. Entretanto, vale lembrar que não concluiremos a caminhada pastoral e administrativa do Santuário porque o Bispo voltará para as suas outras atividades.

Ao contrário, em comunhão com a Igreja no Brasil, por meio de seus pastores, somos convidados a nos motivar ainda mais a viver a comunhão e a fidelidade a Jesus que pede a nós do Santuário para ser “sal da terra e luz do mundo” (Mt 5,13-14).

Como já e o nosso costume, nos voltemos para a Imagem da Senhora Aparecida, façamos a nossa consagração, e coloquemos as nossas mãos nas mãos do nosso Bispo que escolheu como lema de seu ministério episcopal, aquilo que Maria proclamou aos serventes, nas Bodas de Caná: “Fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5). Dom Vicente nos apresente a Virgem na sua oração, nos leve sempre em seu coração para que assim possamos fazer tudo o que Jesus nos diz.

Rezemos:

Ó Maria Santíssima, pelos méritos de Nosso Senhor Jesus Cristo, em vossa querida imagem de Aparecida, espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil.

Eu, embora indigno de pertencer ao número de vossos filhos e filhas, mas cheio do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia, prostrado a vossos pés, consagro-vos o meu entendimento, para que sempre pense no amor que mereceis; consagro-vos a minha língua para que sempre vos louve e propague a vossa devoção; consagro-vos o meu coração, para que, depois de Deus, vos ame sobre todas as coisas.

Recebei-me, o Rainha incomparável, vós que o Cristo crucificado deu-nos por Mãe, no ditoso número de vossos filhos e filhas; acolhei-me debaixo de vossa proteção; socorrei-me em todas as minhas necessidades, espirituais e temporais, sobretudo na hora de minha morte.

Abençoai-me, ó celestial cooperadora, e com vossa poderosa intercessão, fortalecei-me em minha fraqueza, a fim de que, servindo-vos fielmente nesta vida, possa louvar-vos, amar-vos e dar-vos graças no céu, por toda eternidade.

Assim seja!

Neste ano de 2018, Dom Vicente Costa visitará todas a paróquias da Região Pastoral 2 da Diocese de Jundiaí. A primeira comunidade paroquial da região que foi visitada pelo Bispo Diocesano, foi a Paróquia Santa Rosa de Lima, na Vila Maringá, onde seu pároco é o padre João Luiz Dias.

Dom Vicente ficará no Santuário Diocesano Nossa Senhora Aparecida até o dia 17 de junho, quando na celebração das 9h30 encerrará a visita com a celebração eucarística e bênção da Tribuna Papa Bento XVI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *