107 anos da morte do Servo de Deus Pe. Bento Dias Pacheco

Neste dia 6 de março, a cidade de Itu e as demais cidades da Diocese de Jundiaí recordam os 107 anos de falecimento do Servo de Deus Padre Bento Dias Pacheco.

Nascido em Itu, no ano de 1819, a família de Bento era muito rica e proporcionou-lhe bons estudos com o desejo de vê-lo ser um ‘doutor’. Ele, porém, optou pelo sacerdócio, sendo ordenado presbítero em 1840.

Sua maneira de tratar os escravos da região despertou a atenção das autoridades locais, que convidaram Pe. Bento para assumir o cargo de capelão do Hospital dos Lázaros. O convite foi recusado duas vezes por conta do medo e do preconceito da época em relação aos portadores de hanseníase.

Contudo, em 1869, Pe. Bento decidiu se dedicar integralmente aos portadores do mal de Hansen, operando uma transformação profunda em sua vida. Vendeu todos os seus bens e distribuiu o dinheiro aos pobres. Despediu-se de parentes e amigos e passou a morar na Chácara da Piedade, local em que eram segregados os portadores da hanseníase, vítimas tanto da gravidade da moléstia quanto do radical preconceito e repulsa da sociedade.

Por 42 anos, Pe. Bento se dedicou a cuidar desses doentes, amparando-os material e espiritualmente, sem que desenvolvesse a doença. O trabalho incessante em prol desses necessitados perdurou até seu falecimento em 6 de março de 1911, na Chácara da Piedade. Hoje, seu túmulo encontra-se no interior da Igreja Matriz da Paróquia Senhor do Horto e São Lázaro, no bairro que leva seu nome – Praça Padre Bento Dias Pacheco, s/n, Vila Padre Bento, Itu .

A fama de seu trabalho realizado em prol da caridade espalhou-se, sendo que seu túmulo passou a ser visitado por inúmeros fiéis, que lhe reconhecem graças e favores alcançados em seu nome.

Por conta disso, em março de 2003, a Cúria Diocesana de Jundiaí instalou o Tribunal Eclesiástico Diocesano para a Causa de Beatificação e Canonização de Padre Bento Dias Pacheco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *